Margem operacional: descubra o que é e como melhorar na sua empresa

Saiba como avaliar a margem operacional em um negócio.

Por Igor em 22/01/2024

Se você é proprietário ou gestor de um empreendimento, precisa ter atenção a um importante indicador: sua margem operacional. Ela revela aos potenciais investidores o quão lucrativa é uma empresa, além de oferecer uma maneira eficaz de comparar organizações dentro do mesmo setor ou com concorrentes.

Neste artigo, mostraremos a relevância do cálculo da margem operacional, os fatores que devem ser considerados para aprimorar esse índice e como realizar esse cálculo.

Acompanhe a leitura para ter todas as informações que você precisa sobre margem operacional.

O que é margem operacional?

A margem operacional de uma empresa é uma métrica financeira que indica a eficiência e a rentabilidade das operações principais da organização.

Essa margem é calculada dividindo-se o lucro operacional pela receita total e expressa a porcentagem de lucro obtida em relação às vendas após a dedução dos custos e despesas operacionais.

Assim, de forma geral, esta margem é usada para avaliar os diversos cenários da empresa, como a manutenção da lucratividade e a geração de receita de um negócio, sendo um importante indicador na hora de fazer os cálculos.

Para que serve a margem operacional?

A margem operacional serve para medir a eficiência operacional de uma empresa. Ela indica o quanto de lucro a empresa gera para cada real de vendas.

A margem operacional é um indicador importante para investidores, pois ajuda a avaliar a capacidade de uma empresa de gerar lucros. Também é um indicador importante para gestores, pois ajuda a avaliar o desempenho das operações da empresa.

Ao analisar a margem operacional de uma empresa, é possível aprender e identificar o seguinte:

  • Eficiência Operacional: A margem operacional indica o quão eficientemente a empresa está convertendo sua receita em lucro operacional. Uma margem mais alta sugere uma gestão operacional mais eficiente, enquanto uma margem menor pode apontar para a necessidade de melhorias na eficiência.
  • Rentabilidade: A margem operacional é uma medida direta da rentabilidade das operações principais da empresa, excluindo fatores não operacionais. Empresas com margens operacionais saudáveis geralmente são consideradas mais atraentes para investidores, pois indicam uma capacidade consistente de gerar lucros a partir de suas atividades essenciais.
  • Comparação Setorial e Competitiva: A comparação da margem operacional com empresas do mesmo setor ou concorrentes permite avaliar o desempenho relativo. Isso é crucial para entender como a empresa se posiciona em relação aos padrões do setor e às práticas competitivas.
  • Gestão de Custos: A análise da margem operacional ajuda a identificar áreas específicas de custos operacionais que podem estar impactando negativamente a rentabilidade. Isso permite que a gestão concentre seus esforços em otimizar processos e reduzir despesas operacionais desnecessárias.
  • Avaliação da Sustentabilidade dos Lucros: Uma margem operacional consistente ao longo do tempo sugere uma capacidade sustentável de gerar lucros operacionais. Variações significativas podem indicar instabilidade nas operações ou impactos temporários que merecem investigação mais aprofundada.
  • Tomada de Decisões Estratégicas: Compreender a margem operacional é essencial para a tomada de decisões estratégicas. Se a margem estiver abaixo do esperado, a empresa pode considerar ajustes nas estratégias de preços, controle de custos ou investimentos em melhorias operacionais.

Assim, a margem operacional é uma ferramenta crítica para avaliar a saúde financeira de um negócio, orientar decisões estratégicas e fornecer informações valiosas para investidores, analistas e gestores.

Como calcular a margem operacional?

A margem operacional é calculada dividindo o lucro operacional pela receita líquida.

A margem operacional é expressa em porcentagem. Uma margem operacional alta indica que a empresa é eficiente em suas operações e está gerando lucros significativos. Uma margem operacional baixa, por outro lado, pode indicar que a empresa precisa melhorar sua eficiência operacional.

Qual é a fórmula da margem operacional

Veja, agora, a fórmula para cálculo da margem operacional e um exemplo na prática:

A fórmula usada é a seguinte:

Margem operacional = (Lucro operacional / Receita líquida) * 100

Onde:

    • Lucro operacional é o lucro da empresa antes de deduzir os impostos e juros.
    • Receita líquida é a receita da empresa após deduzir os impostos e devoluções.

Vamos a um exemplo prático. Suponhamos que uma empresa tenha uma receita líquida de R$ 600.000,00 e um lucro operacional de R$ 150.000,00.

Margem operacional = (150.000 / 600.000) * 100
Margem operacional = (Lucro operacional / Receita líquida) * 100
Margem operacional = (0,25) * 100
Margem operacional = 25%

Assim, nesta empresa, a margem operacional será de 25%.

Como utilizar a margem operacional na avaliação de um negócio?

A margem operacional é um indicador importante na avaliação de um negócio, pois fornece informações sobre a eficiência operacional da empresa e sua capacidade de gerar lucros.

Ao analisar a margem operacional de uma empresa, é possível identificar as seguintes informações:

  • A eficiência das operações da empresa: uma margem operacional alta indica que a empresa é eficiente em suas operações e está gerando lucros significativos. Uma margem operacional baixa, por outro lado, pode indicar que a empresa precisa melhorar sua eficiência operacional.
  • A competitividade da empresa: uma margem operacional alta indica que a empresa está competitiva no mercado, pois está obtendo lucros significativos mesmo após deduzir os custos e despesas operacionais.
  • As oportunidades de melhoria: uma análise da margem operacional pode ajudar a identificar áreas onde a empresa pode melhorar sua eficiência operacional, para aumentar seus lucros.

A margem operacional pode ser utilizada de diversas maneiras na avaliação de um negócio, como:

  • Comparação com empresas do mesmo setor: a margem operacional de uma empresa pode ser comparada com a de outras empresas do mesmo setor para avaliar sua competitividade. Uma margem operacional mais alta indica que a empresa é mais eficiente e lucrativa do que as concorrentes.
  • Análise de tendências: a margem operacional da empresa pode ser analisada ao longo do tempo para identificar tendências. Uma margem operacional crescente indica que a empresa está melhorando sua eficiência operacional.
  • Projeção de lucros: a margem operacional pode ser usada para projetar o lucro futuro da empresa. Uma margem operacional mais alta indica que a empresa tem maior potencial de lucro.

Assim, a partir dela, você tem uma visão geral do funcionamento de sua empresa e tem ideias para fazer melhorias que tornem o setor mais lucrativo.

Qual a importância da margem operacional num negócio?

De uma forma geral, entender a margem operacional de um negócio é fundamental por vários motivos. Veja os principais:

  • É um indicador da eficiência operacional da empresa: uma margem operacional alta indica que a empresa está gerenciando seus custos e despesas de forma eficiente.
  • É um indicador da capacidade de geração de lucros da empresa: uma margem operacional alta indica que a empresa está gerando lucros significativos, mesmo após deduzir os custos e despesas operacionais.
  • É um indicador da competitividade da empresa: uma margem operacional alta indica que a empresa está competitiva no mercado, pois está obtendo lucros significativos mesmo após deduzir os custos e despesas operacionais.

Com isso, você tem uma visão melhor de sua empresa e pode calcular todo o lucro que ela lhe oferece, garantindo um melhor crescimento do setor.

Assim, é fundamental que você tenha o cálculo da margem operacional de seu negócio para saber se ele está sendo lucrativo para você.

Gostou das informações? Veja mais em nossa página.

Você também vai gostar