Portabilidade de Salário: tire suas dúvidas!

Quer fazer a portabilidade de salário? Veja como realizar esse procedimento!

Por Igor em 09/10/2023
Ilustração de transferência digital de salário

Cada vez mais os brasileiros estão recebendo seus pagamentos em contas bancárias. Esse método é mais seguro e permite, por parte do empregado, fazer a movimentação como quiser de seu valor.

Porém, muitas vezes, o banco em que a conta-salário é criada não é o banco onde o trabalhador deseja receber seu salário, seja por já ter outra conta ou por qualquer outro motivo. Neste momento, entra em vigor a lei da portabilidade de salário.

Nesta matéria, vamos mostrar a você mais sobre a portabilidade de salário, a lei referente a ela e mostrar como fazer para transferir seu dinheiro para outro banco. Acompanhe até o final e confira!

Veja aqui:

O que é a portabilidade de salário?

A portabilidade de salário refere-se à possibilidade de um trabalhador transferir sua conta-salário (conta bancária onde o trabalhador recebe seu pagamento mensal) de um banco para outro de sua escolha (que pode ser uma conta já existente), sem alterar seu número de conta ou os serviços associados.

Isso significa que, se um indivíduo recebe seu salário em um determinado banco, ele pode optar por transferir essa conta para outro banco sem precisar alterar as informações de conta fornecidas ao empregador.

Quem paga, transfere normalmente para o banco onde a empresa tenha o convênio e o dinheiro é retransferido para a outra conta.

Essa prática tem como objetivo proporcionar mais liberdade ao trabalhador para escolher a instituição financeira que melhor atenda às suas necessidades, seja em termos de taxas, serviços oferecidos, benefícios, entre outros.

O processo de portabilidade de salário envolve a solicitação do próprio cliente ao banco de destino, que cuida dos trâmites necessários para a transferência dos débitos automáticos, créditos e demais serviços associados à conta-salário.

Essa medida busca promover a concorrência entre os bancos, incentivando a oferta de melhores serviços e condições para atrair clientes.

É importante observar que a portabilidade de salário refere-se especificamente à transferência da conta-salário e não de outros tipos de contas bancárias. Ela visa simplificar a vida financeira do trabalhador, dando-lhe mais flexibilidade e opções no relacionamento com o sistema bancário.

Como funciona a lei da portabilidade de salário?

A legislação brasileira referente à portabilidade de salário assegura ao trabalhador o direito de receber seus salários em qualquer instituição bancária de sua escolha. Promulgada em 2006, a lei foi devidamente regulamentada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) no ano subsequente.

O procedimento de portabilidade de salário está ao alcance do trabalhador a qualquer momento, desde que possua uma conta salário no banco de destino. A solicitação é descomplicada e isenta de custos, com a transferência dos vencimentos realizada em até cinco dias úteis.

Para efetivar a portabilidade, o trabalhador deve contatar o banco de destino, requisitando um contrato específico para tal finalidade. A instituição receptora, por sua vez, inicia o processo entrando em contato com o banco de origem.

Uma vez aprovada a portabilidade, os salários do trabalhador são automaticamente direcionados para a conta salário no banco de destino.

Importante ressaltar que o banco de origem não tem permissão para aplicar qualquer taxa ou tarifa relacionada ao processo de portabilidade.

Para que serve a portabilidade de salário?

A portabilidade de salário pode ser benéfica em várias situações, proporcionando ao trabalhador maior flexibilidade e melhores condições financeiras. Descubra quando a portabilidade de salário pode ser vantajosa:

  • Melhores Taxas e Tarifas: Se o banco de destino oferecer taxas de manutenção de conta mais baixas, tarifas de serviços mais atrativas ou condições gerais mais vantajosas, a portabilidade pode ajudar a reduzir os custos associados à conta-salário.
  • Benefícios e Promoções Especiais: Alguns bancos oferecem benefícios adicionais, como programas de pontos, cashback, seguros ou outros incentivos para clientes que realizam a portabilidade de salário. Avaliar esses benefícios pode ser uma razão para considerar a mudança.
  • Variedade de Serviços: Se o banco de destino oferecer uma variedade de serviços financeiros que melhor atendam às necessidades do cliente, como investimentos, linhas de crédito, aplicativos mais amigáveis, entre outros.
  • Atendimento ao Cliente: Se houver insatisfação com o atendimento ao cliente do banco atual, a portabilidade pode ser uma oportunidade para mudar para uma instituição financeira que forneça um serviço mais eficiente e personalizado.
  • Rede de Agências e Caixas Eletrônicos: Se o banco de destino tiver uma rede de agências e caixas eletrônicos mais conveniente para o trabalhador, facilitando o acesso aos serviços bancários.
  • Condições de Crédito: Se o trabalhador estiver planejando contratar empréstimos ou financiamentos no futuro, a relação com o banco pode influenciar as condições desses serviços. Alguns bancos oferecem condições mais favoráveis a clientes com a conta-salário em sua instituição.
  • Mudança de Localidade: Em casos de mudança de cidade ou região, a portabilidade pode ser útil para garantir a continuidade do acesso a serviços bancários sem a necessidade de trocar de banco.
  • Facilidade de Gestão Financeira: Se o banco de destino oferecer ferramentas mais eficientes para a gestão financeira, como aplicativos mais avançados, serviços online melhores, entre outros.

Ao considerar a portabilidade de salário, é essencial avaliar as condições específicas oferecidas pelos bancos envolvidos, para garantir que a mudança seja realmente benéfica para o trabalhador.

Como fazer a portabilidade de salário?

De maneira geral, fazer a portabilidade do salário é um processo simples e rápido, que você deve realizar no banco de destino, ou seja, no banco em que você deseja receber o seu salário.

Vale lembrar que essa forma de portabilidade está disponível exclusivamente para colaboradores de empresas, sejam elas privadas ou públicas, que recebem sua remuneração por meio de uma conta salário.

Para fazer o procedimento, você deve:

  • Entrar em contato com o banco em que você deseja receber seu dinheiro.
  • Solicitar a portabilidade do salário.
  • Apresentar toda a sua documentação e a documentação da empresa solicitada.
  • Fazer o pedido da portabilidade.
  • Aguardar a aprovação.

Vale lembrar que você vai receber seu dinheiro um dia útil depois dele ser depositado na conta salário onde você receberia. E que você não pode mais movimentar o dinheiro na conta anterior em que recebe o dinheiro.

Apesar disso, ela continua existindo e será onde o empregador fará o depósito. Depois, você terá o dinheiro transferido para a conta que você escolheu.

Como fazer a portabilidade de salário para o Nubank?

A portabilidade de salário para o Nubank pode ser feita diretamente pelo aplicativo do banco. O processo é simples e gratuito, e a liberação transferência do salário deve ser feita em até cinco dias úteis.

  • Abra o aplicativo do Nubank e toque na opção “Depositar”.
  • Em seguida, toque na opção “Receber salário”.
  • Digite o CNPJ da sua empresa e toque em “Continuar”.
  • Digite o nome da sua empresa e toque em “Continuar”.
  • Leia as informações sobre a portabilidade de salário e toque em “Enviar”.

Após enviar a solicitação, o Nubank irá entrar em contato com a sua empresa para confirmar a portabilidade. Se a portabilidade for aprovada, o seu salário será depositado automaticamente na sua conta do Nubank a partir do próximo pagamento.

O processo de recebimento na conta do Nubank, a partir da aprovação, será de um dia útil após o depósito de seu salário.

Como fazer a portabilidade de salário para o Banco Inter?

A portabilidade de salário para o Banco Inter pode ser feita diretamente pelo aplicativo do banco.

  • Abra o aplicativo do Banco Inter e toque na opção “Portabilidade de Salário”.
  • Veja os benefícios da portabilidade e toque em “Trazer meu salário”.
  • Digite o CNPJ da sua empresa e toque em “Continuar”.
  • Digite o nome da sua empresa e toque em “Continuar”.
  • Leia as informações sobre a portabilidade de salário e toque em “Enviar”.

Após enviar a solicitação, o Banco Inter irá entrar em contato com a sua empresa para confirmar a portabilidade. Assim, você passa a receber na sua conta Inter.

Quando não é possível fazer a portabilidade de salário?

Existem, basicamente, duas situações em que não é possível fazer a portabilidade de seu salário:

  • Quando existe algum tipo de erro nos dados fornecidos ao banco onde deseja receber o dinheiro.
  • Quando o salário é pago em conta corrente e não em conta salário.

Apenas nestes casos não é possível fazer a portabilidade do salário. Fora isso, é um direito seu garantido por lei.

Perguntas Frequentes

Posso fazer portabilidade de salário mesmo devendo o banco?

Sim. Você pode fazer a portabilidade mesmo devendo o banco. Se tiver sua autorização, o banco ao qual você deve pode descontar a dívida. Se você não autorizar, o valor inteiro deverá ser transferido para a outra conta.


Fiz portabilidade e meu pagamento não caiu. O que pode ser? Como resolver?

Ao fazer a portabilidade, é necessário conferir o tempo até a efetivação da outra conta. Se o seu dinheiro não caiu, você deve entrar em contato com o banco onde deverá receber seu dinheiro para saber qual foi o problema.


Portabilidade de salário: Quanto tempo demora para cair na conta?

Como o dinheiro será transferido de uma conta para outra, em geral, leva um dia útil após o depósito na conta-salário para transferir para a conta que você quis fazer a portabilidade.


O banco pode negar a portabilidade de salário?

O banco pode negar a portabilidade somente em caso de irregularidade de dados ou se a pessoa recebe em conta corrente ao invés de conta-salário. Além desses casos, não pode negar a portabilidade de salário.