Empréstimo para MEI: conheça 3 opções disponíveis

Por Geniuzz em 29/12/2021

No mercado de concessão de crédito, os produtos mais procurados são normalmente centralizados em Pessoas Físicas ou em Pessoas Jurídicas mais robustas. 

Mas há caminhos para perfis que se encaixem em outras categorias. Um bom exemplo são os Microempreendedores Individuais (MEI), grupo que representa mais de 13 milhões de pessoas, segundo dados estatísticos da Receita Federal.

Para que serve um empréstimo para MEI

O microempreendedor individual é um empresário, o que significa que normalmente a concessão de empréstimos está atrelada à necessidade de alavancar os primeiros resultados de um negócio.

O empréstimo para MEI é uma modalidade de crédito importante, uma vez que o governo tem incentivado o programa para amparar pequenos empresários e tirar milhares de pessoas da ilegalidade.

Por isso, foram criadas diversas alternativas de empréstimos para MEI, permitindo que o empreendedor possa escolher a que mais se encaixa na sua necessidade. 

Quais são as opções de empréstimo para MEI

Existem várias modalidades de crédito disponíveis para microempreendedores individuais. Separamos as principais para você conferir e se aprofundar na que te interessar mais. 

Lembre-se de conferir prazo para pagamento, taxa de juros e outras condições específicas que variam de acordo com cada uma. 

#1 Microcrédito

Essa é uma linha geralmente oferecida por grande parte das instituições financeiras. I

Com essa alternativa, o empreendedor pode obter um empréstimo entre R$ 300 e R$ 15.000. 

O prazo para pagamento não costuma ultrapassar 4 meses, o que exige bastante responsabilidade financeira do contratante. 

Para que o crédito seja liberado, é importante que o empreendedor esclareça em que pretende aplicar o dinheiro, apresentando projeções de resultados.

#2 Cartão BNDES

O cartão do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) pode servir como uma alternativa de empréstimo para MEI. Ele se destina a fomentar a movimentação de pequenos e médios negócios. 

O valor máximo a ser emprestado é de R$ 1 milhão. As taxas de juros não costumam ser altas, enquanto os prazos de pagamento são padronizados em 48 vezes.

O uso do cartão depende diretamente da projeção de crescimento, liberado continuamente, sem ultrapassar o limite. Por isso, é importante ter um bom planejamento financeiro. 

#3 Crédito para capital de giro

Essa categoria disponibiliza um crédito que não envolve o pagamento de juros em um período entre 5 e 15 dias, com o objetivo de adiantar um valor que o empresário já vendeu, mas ainda não caiu em sua conta.

Após o prazo, há cobrança de juros , variando entre 1,5% e 2,5%. Em geral, os limites de retirada são baixos, e só aumentam com o crescimento do faturamento do empreendedor. Mas, ainda assim, eles se mantêm baixos em comparação a outras soluções.

Agora que você já está por dentro das melhores soluções, já pode escolher a que melhor atende sua realidade. Conte com a Geniuzz para te ajudar na tomada de decisão sempre!

SAIBA MAIS SOBRE EMPRÉSTIMOS

©2024 | Todos os direitos reservados a Geniuzz