Tipos de empréstimo: qual é o melhor para você?

Por Geniuzz em 26/12/2021

Você já se fez essa pergunta? Na ansiedade para conseguir um empréstimo e sair do sufoco, muitas vezes deixamos de lado as peculiaridades de cada modalidade.

Mas é muito importante ter noção de quais os tipos de crédito disponíveis no mercado. Cada um deles tem sua própria dinâmica, condições e taxas.

Pensando em te ajudar a tomar uma decisão financeira mais inteligente e vantajosa para você, separamos os cinco principais tipos de empréstimos.

Empréstimo Pessoal

Esse é uma dos tipos mais comuns do mercado. Também conhecido como crédito pessoal, esse tipo de empréstimo tem regras, taxas e juros bastante variáveis. 

O modelo de crédito pessoal pode ser sem garantia ou com garantia, especialmente de veículo ou imóvel. Para ter acesso ao empréstimo, o consumidor precisa realizar uma simulação com prazo, os juros e o valor final do contrato. 

É costume das instituições pedirem CPF e comprovante de renda para fazer a avaliação. Após análise  decide se a quantia solicitada será liberada.

Empréstimo Consignado

O empréstimo consignado é uma modalidade que se caracteriza pelo desconto em folha de pagamento do valor da parcela. Esse tipo de crédito é oferecido a beneficiários do INSS, servidores públicos e colaboradores de empresas privadas que são credenciadas às empresas de crédito.

Por isso, os juros cobrados estão entre os menores do mercado. Contudo, há limites e condições específicas para contratá-lo, como o respeito à margem consignável e a autorização do desconto na folha de pagamento. 

Financiamento

As razões mais comuns são comprar um imóvel ou um carro, por exemplo.

O valor desse tipo de empréstimo segue o preço do bem que será comprado. E as taxas de juros ficam próximas das do empréstimo pessoal. Mas há o caso de fontes específicas, como o financiamento imobiliário. Em um caso assim, como a fonte do recurso pode ser a poupança ou FGTS, por exemplo, a taxa de juros pode ser menor. 

Crédito Rotativo

O empréstimo rotativo conhecido por quem usa cartão de crédito com frequência. Na prática, ele funciona como um financiamento da fatura e é contratado de forma automática quando o cliente não faz o pagamento total.

Isso significa que o banco cobre o valor que fica faltando, mas esse empréstimo gera altos juros nos meses seguintes. Em alguns casos, os juros são de quase 350% ao ano. 

Apesar de evitar que seu nome seja inscrito de imediato em serviços de proteção ao crédito, é importante ficar atento. Do contrário, você pode perder o controle da dívida e prejudicar suas finanças pessoais. 

Cheque especial

O cheque especial também é uma linha de crédito e uma forma de empréstimo. Ele funciona como um crédito que já está pré-aprovado e vinculado a sua conta bancária. 

É importante ficar atento, porque os juros dessa linha de crédito são altíssimos. Todo cuidado é pouco para não se endividar exageradamente por conta da ativação do cheque especial. 

E aí, já conhecia todos esses tipos de empréstimo? 

É muito importante entender bem quais são as características de cada um antes de assinar um contrato, especialmente porque há grande variação na cobrança de juros, o que pode atrapalhar suas conquistas financeiras.

ESCOLHA O SEU EMPRÉSTIMO

©2024 | Todos os direitos reservados a Geniuzz