Cpf na nota: para o que serve e como se cadastrar no programa

Saiba como o cpf na nota pode te trazer beneficios

Por Geniuzz em 25/07/2022
cpf na nota

Certamente que ao fazer compras em diversas lojas do varejo, o vendedor solicitou a você que colocasse o CPF na nota fiscal. Essa prática, cada vez mais comum no Brasil, ainda gera dúvidas em muitas pessoas. Afinal, por que se deve colocar o CPF na nota? Qual a utilidade disso para o mercado e para o consumidor? 

Se você também não sabe para que serve isso, acompanhe nossa matéria. 

Reunimos todas as informações que você precisa saber sobre o CPF na nota e para que serve o programa que pode trazer para você alguns benefícios. Assim, na hora que fizer suas compras, não terá mais dúvidas e aproveitará melhor seus direitos. 

Confira!

CPF na nota – o que é?

Inicialmente, o CPF na nota foi criado como uma medida dos governos estaduais para controlar a cobrança de impostos. Com isso, se evita a tão famosa sonegação fiscal, fazendo com que o lojista tenha que pagar seus impostos, como o ICMS, e evita também a circulação de notas fiscais falsas no mercado.

Ou seja, quando você insere seu CPF na nota, você tem a certeza de que aquele lojista vai ter que emitir a nota e que os impostos referentes aos produtos serão pagos de maneira correta. 

Antes, quando não se tinha essa medida, o lojista poderia não fazer a emissão da nota fiscal, fazendo com que aquele imposto fosse sonegado. Assim, essa medida foi criada para que os governos possam ter um melhor controle de mercadorias e de pagamento de impostos. 

Mas você deve estar se perguntando: e o que eu ganho ao fornecer os dados de meu CPF a um lojista?

Sabendo dessa dúvida e de que estariam temerosos em fazer isso, os governos estaduais lançaram alguns programas de incentivo para que as pessoas coloquem o CPF na nota fiscal. A ideia é que a lei seja cumprida e o cliente tenha benefícios com isso. 

Quais os benefícios do CPF na nota? 

É importante lembrar que o programa de incentivo do CPF na nota é de responsabilidade de cada estado. Por isso, pode ser que onde você mora não tenha todos os benefícios, ou tenha outros não relatados aqui. 

Veja, em geral, o que se oferece no CPF na nota:

  • Cashback: cada vez que você faz uma compra, você recebe uma pontuação e vai acumulando. Ao final de seis meses, você pode fazer o resgate destes pontos, que podem ser trocados por diversos benefícios, como recarga de celular, ingressos para cinemas e shows e até resgate em dinheiro em conta bancária cadastrada!
  • Descontos: o acúmulo de pontos pode gerar para você descontos especiais no IPTU ou no IPVA. Isso vai depender de cada estado e do cadastro feito em seu nome. É uma boa oportunidade para pagar menos. 
  • Sorteios: você pode concorrer a diversos sorteios da Loteria Federal, podendo ganhar um grande prêmio em dinheiro e, assim, aproveitar bem mais seu valor e ajudar no cumprimento da lei. 
  • Doações: sabe os pontos que você acumula? Você pode usar para fazer doações para instituições de caridade, repassando os valores que serão usados para ajudar a quem precisa.
  • Score: a logo prazo, você acaba melhorando seu Score, já que, ao colocar o CPF na nota, você está movimentando dinheiro. Isso pode gerar benefícios para você. 

Onde consultar se tem o programa em meu estado?

Para saber se seu estado tem o programa do CPF em nota fiscal, você deve consultar o site referente ao lugar que você mora para que, assim, possa ter as informações que precisa.

Confira os links abaixo onde consultar seu programa:

Clique no nome do seu estado e você será redirecionado para o site com todas as informações.

Como fazer para participar do programa?

Se você encontrou seu estado na lista dos participantes do CPF em nota, você pode fazer um cadastro para poder participar do programa e receber todos os benefícios que foram citados acima.

Confira, agora, como se cadastrar no programa do CPF em Nota e conseguir receber pontos a cada compra que realizar:

  • Acesse o link acima da SEFAZ (Secretaria de Fazenda) do seu estado. 
  • Na página, procure a parte referente ao CPF em nota.
  • Clique em “cadastre-se”. 
  • Você deve preencher o cadastro com todos os seus dados pessoais.
  • Depois, deve entrar com o número de sua documentação.
  • Por fim, deve informar uma conta bancária onde vai fazer o resgate do valor. 
  • Depois de cadastrado e ativado o cadastro, você pode começar a inserir seu CPF em nota e já estará participando.

Para fazer o resgate do dinheiro do programa CPF em nota, você deve acessar o portal e fazer através dele, diretamente para a conta que você cadastrou. O resgate acontece a cada seis meses. 

É importante lembrar que cada estado tem suas regras para o resgate de pontos. Então, na hora que fizer o resgate, leia as informações sobre valores mínimos, tipo de conta que você pode ter e tudo mais para que resgate sem problemas. 

Afinal de contas, vale a pena ter o CPF na nota?

Quando você coloca o seu CPF em nota, você está ajudando a lei a ser cumprida, já que os impostos daquela loja deverão ser pagos sem que possa se sonegar. Além disso, ajuda a evitar fraudes de notas fiscais e outros problemas que podem ocorrer na emissão de suas notas. 

Por isso, pensando pelo lado da lei, vale a pena sim colocar o CPF na nota fiscal e, assim, usar para garantir a lei. 

Além disso, se em seu estado tem o programa de incentivo de CPF em nota, você deve fazer o cadastro para que possa receber os valores de resgate e, assim, aproveitar um cashback em cima de todas as suas compras. Um dinheiro na conta, um desconto em um imposto ou um resgate de um prêmio sempre são bons para todos. 

Então, se você analisar bem, vale a pena se cadastrar no programa do CPF em conta e aproveitar todos os benefícios citados nesta matéria. 

Que tal fazer isso e garantir mais um dinheiro na conta? Entre no site do seu estado e faça já o cadastro. 

E fique atento. No nosso blog você encontra diversas dicas para seu dia a dia financeiro!

VEJA MAIS 

 

©2024 | Todos os direitos reservados a Geniuzz