Golpe do falso empréstimo: como identificar e se proteger

Por Geniuzz em 27/12/2021

Golpe do falso empréstimo

“Tudo bem, Sra. Maria? Aqui é a João, sou representante da X Financeira. Estou com uma proposta de empréstimo para a senhora que se encontra aprovada no valor de R$3.000 em 12x. A senhora tem interesse em dar continuidade

A princípio em momento de dificuldades financeiras, algumas propostas são tão irresistíveis, sobretudo as que parecem boas demais para serem verdade.  Mas se você já recebeu essa mensagem, provavelmente esteve próximo de cair em um golpe.

Assim, um levantamento da Serasa mostrou que somente no primeiro semestre de 2021 foram mais de dois milhões de tentativas de fraude, um aumento de 15,6% em relação ao mesmo período de 2020.

O método de operação dos criminosos, em síntese envolve oferecer o valor do empréstimo com bastante facilidade, solicitar a documentação da vítima, enviar um contrato falso e exigir algum tipo de pagamento antecipado.

Primeiramente fique atento aos sinais.

Por isso para ajudar a te proteger e evitar transtornos ainda maiores, preparamos algumas dicas importantes para você:

#1 Busque informações

Normalmente, os criminosos agem por meio de empresas que até possuem CNPJ e endereço, mas sem autorização para prestar serviços financeiros desse tipo. Sempre que for abordado com a proposta de empréstimo facilitado, pesquise bem para se certificar da seriedade da empresa. No site do Banco Central é possível encontrar todas as instituições reguladas e supervisionadas que têm autorização para fornecer crédito ao consumidor.

#2 Cuidado com o WhatsApp

O meio de contato preferido dos fraudadores é o WhatsApp. Os criminosos entram em contato direto por telefone, oferecendo valores fechados para as parcelas do empréstimo e solicita o pagamento de quantias antecipadas para a liberação do dinheiro na conta. Fuja dessa abordagem! E também nunca forneça números de verificação para terceiros, porque isso possibilita a clonagem da sua conta no WhatsApp e abre margem para novos golpes – só que em seu nome!

#3 Depósito antecipado é ilegal

Bancos e instituições financeiras sérias não pedem nenhum tipo de depósito antecipado, porque isso é ilegal e o Banco Central não permite. Caso você seja pressionado a isso, recue, é sinal do golpe. As principais justificativas que os estelionatários apresentam são a cobrança de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), seguro prestamista e taxa de alteração cambial. Não pague.

#4 Não envie seus documentos

Nas propostas fraudulentas, os criminosos costumam dizer que a proposta de empréstimo está aprovada e só é necessário enviar os documentos pessoais para preencher o contrato e concluir a transação. Na verdade, os fraudadores querem essas informações para aplicar outros golpes. Então, não ofereça seus dados. O envio de documentos sempre é feito diretamente em sites oficiais e aplicativos das instituições financeiras.

Anotou as dicas? Agora você está preparado para não ser mais uma vítima dos criminosos.

Aproveite e compartilhe essas informações com amigos e familiares.

MAIS SOBRE EMPÉSTIMO

Golpe do falso empréstimo

©2024 | Todos os direitos reservados a Geniuzz