Como saber se a nota de 100 é falsa? Aprenda a avaliar!

Recebeu uma nota e tem dúvidas sobre ela? Descubra como reconhecer notas falsas.

Por Igor em 04/12/2023
Verificação de autenticidade de nota de 100 reais

O aumento na circulação de notas falsas representa um desafio constante para as autoridades financeiras e policiais em todo o mundo. No Brasil, o Banco Central (BC) revelou dados alarmantes sobre a apreensão de notas falsas nos dois primeiros meses de 2022.

No meio disso, fica uma dúvida: como saber se a nota de 100 é falsa? Sendo uma das notas mais falsificadas, é preciso ter atenção na hora de receber e pagar, evitando problemas financeiros.

Acompanhe nossa matéria e tenha todos os detalhes para saber reconhecer se a nota de 100 é falsa ou verdadeira.

Qual a nota de real mais falsificada?

Os últimos dados divulgados pelo Banco Central do Brasil são de 2022, onde demonstra a quantidade de notas que foram falsificadas.

Em 2022 foram apreendidas impressionantes 14,3 mil notas falsas em apenas dois meses, segundo o Banco Central.

Entre elas, as preferidas pelos falsificadores são as notas de R$ 100, totalizando 6006 cópias, e as de R$ 200, com 3879 unidades apreendidas.

As notas de R$ 50 e R$ 20 também figuram na lista das mais falsificadas, indicando uma diversificação nos alvos dos criminosos.

Essa preferência acontece por conta das notas de R$ 100 e de R$ 200 serem as com maiores valores dentro do sistema brasileiro.

Assim, é fundamental que se tenha atenção no recebimento do dinheiro para que não tenha problemas com notas falsas.

Como identificar uma nota de 100 reais falsa?

O Banco Central, ao criar as notas, colocou elementos de segurança para que você possa saber se ela é verdadeira ou falsa. Esses elementos podem ser conferidos por qualquer pessoa e, assim, você vai ter mais facilidades na hora de descobrir se a nota é ou não verdadeira.

Por isso, basta que você observe bem a cédula e você vai ter diversos sinais que de ela possa ser falsa ou não.

Assim, existem 7 sistemas de segurança na nota de 100 que você deve observar para conferir se realmente a nota é verdadeira ou falsa. São eles:

A marca d’água da nota de 100

A marca d’água é uma das características de segurança presentes nas cédulas brasileiras, desempenhando um papel fundamental na prevenção da falsificação.

No caso da nota de 100 reais, a marca d’água é uma medida adicional de autenticação que permite aos usuários e comerciantes identificar facilmente a autenticidade da cédula.

A marca d’água é uma imagem ou padrão tridimensional incorporado no papel-moeda durante o processo de fabricação. Essa técnica confere à nota uma característica visual única que é difícil de reproduzir com precisão por métodos de falsificação convencionais.

Além disso, a marca d’água é visível quando a nota é observada contra a luz, proporcionando uma verificação rápida e eficiente de sua autenticidade.

Para verificar a marca d’água na nota de 100 reais, é necessário utilizar uma fonte de luz adequada, como a luz solar ou uma lâmpada brilhante. Siga os passos abaixo para visualizar a marca d’água:

  1. Escolha um Ambiente Iluminado.
  2. Posicione a Nota Contra a Luz.
  3. Observe a Marca d’Água.

No caso específico da nota de 100, a marca d’água apresenta apenas a figura da República. Esse desenho aparece nas notas de 100 e de 50. Apenas notas menores (20, 10, 5) que apresentam junto a figura da bandeira.

O fio de segurança

Uma medida de segurança é importantíssima ao inspecionar minuciosamente as cédulas brasileiras contra a luz. Um fio escuro, estrategicamente posicionado próximo ao centro da nota, se torna visível, trazendo consigo informações vitais para a verificação da legitimidade do papel-moeda.

Este fio traz inscrições precisas, incluindo o valor correspondente da cédula e a palavra “REAIS”, destacando-se como um marcador distintivo e crucial na batalha contra a falsificação.

Vale notar que essa característica específica é exclusiva das cédulas de 10, 20, 50 e 100 reais, adicionando uma camada extra de proteção às denominações mais amplamente utilizadas.

Ao observar a nota contra a luz, os caracteres gravados no fio se tornam visíveis, proporcionando aos usuários e comerciantes uma ferramenta visual eficaz para autenticação instantânea e segura.

Sinta o alto relevo da nota de 100

Através do tato, é possível sentir a textura em áreas específicas das notas brasileiras.

Na parte frontal, destaca-se o alto-relevo na inscrição “REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL”, nas extremidades laterais e nos números indicativos de valor.

Nas cédulas de 20, 50 e 100 reais, essa experiência tátil se estende ao verso, onde se pode sentir o relevo na inscrição “BANCO CENTRAL DO BRASIL”, na representação do animal e no número indicativo de valor.

A riqueza do alto-relevo não apenas adiciona uma dimensão sensorial às notas, mas também serve como uma medida adicional de autenticidade.

Confira o quebra-cabeças

Ao segurar a nota contra a luz, as partes do desenho no verso complementam habilmente as representações da frente, formando assim o número do valor da nota.

Essa técnica transforma cada cédula em um quebra-cabeça visual, onde as imagens cuidadosamente dispostas convergem para criar uma representação unificada do valor nominal.

Ao explorar o encaixe perfeito das imagens na frente e no verso da cédula, é possível identificar o valor de cada nota e também serve como uma medida adicional de segurança contra falsificações.

O número escondido na nota de 100

Ao elevar a nota à altura dos olhos, na posição horizontal, em um ambiente bem iluminado, o valor da nota se materializa nas áreas designadas, proporcionando ainda mais segurança.

Com isso, você pode conferir a autenticidade da nota e vai fazer com que tenha mais segurança e certeza de que a nota de 100 não é falsificada.

Elementos florescentes

Ao serem expostas à luz ultravioleta, diversas características surpreendentes se manifestam, proporcionando uma análise mais aprofundada da autenticidade do papel-moeda.

O número do valor da nota surge na área indicada da frente da cédula. Além disso, a numeração de série, normalmente vermelha, assume uma tonalidade amarela distintiva quando submetida a essa luz especial.

A observação minuciosa revela ainda a presença de pequenos fios que se tornam visíveis em uma tonalidade lilás, reforçando a complexidade e a sofisticação dos elementos de segurança incorporados nas notas brasileiras.

Esses detalhes, visíveis apenas sob luz ultravioleta, ressaltam a constante evolução das medidas de segurança adotadas pelas autoridades monetárias para proteger a integridade do sistema financeiro.

Confira a faixa holográfica na nota de 100 e de 50

Ao movimentar a cédula, uma série de efeitos visuais se desdobram nessa faixa holográfica singular. O número do valor da nota e a palavra “REAIS” interagem de maneira dinâmica, alternando-se de forma vívida.

Além disso, a representação do animal ganha mais cores. Observando com atenção, detalhes adicionais surgem, como folhas (nas notas de 50 reais) ou corais (nas notas de 100 reais) que revelam uma variedade de tonalidades em movimento

Essa faixa, presente exclusivamente nas notas de maior valor, representa uma camada adicional de segurança.

Recebeu uma nota de 100 reais falsificada? Veja o que fazer

Se você suspeita que a nota de 100 que você recebeu é falsa, existem alguns procedimentos que você pode fazer. Eles são destinados para que se tenha mais segurança e que evite notas falsas no dia a dia.

Recebi nota falsa de 100 no Banco

Se você estiver dentro de uma agência bancária e durante o expediente, encaminhe-se imediatamente ao gerente da agência para solicitar providências e a pronta substituição da nota falsa.

Caso não obtenha uma solução satisfatória com o gerente, o cidadão deve procurar a delegacia policial mais próxima para registrar a possível ocorrência.

Se você estiver fora de uma agência (caixas eletrônicos) ou fora do horário de expediente bancário, na primeira oportunidade, dirija-se ao gerente de sua agência bancária para solicitar providências e a pronta substituição da nota falsa.

Se não houver uma solução satisfatória com o gerente do banco, o cidadão deve dirigir-se à delegacia policial mais próxima para registrar a possível ocorrência.

Recebi nota falsa de 100 no dia a dia

Ao realizar uma compra, é crucial verificar a autenticidade das notas, tanto para os comerciantes quanto para os clientes que recebem troco.

Se houver qualquer suspeita de que a cédula recebida seja falsa, a ação correta é levá-la imediatamente à agência bancária e informar ao gerente.

O procedimento adotado nessas situações difere do comum. A agência bancária solicitará informações do reclamante, como nome completo, CPF, telefone e endereço, encaminhando a nota para análise junto ao Banco Central.

O contribuinte terá a possibilidade de acompanhar a averiguação da nota por meio deste site.

Caso a autenticidade da nota seja confirmada, o próprio banco entrará em contato com o cliente para realizar o reembolso. No entanto, se a nota for, de fato, falsificada, não haverá reembolso. Essa prática visa assegurar a integridade da circulação monetária e proteger os consumidores e estabelecimentos comerciais contra transações fraudulentas.

Perguntas frequentes:

Tem como pegar nota falsa no banco?

Sim. Pode acontecer, ainda que raramente, de você pegar uma nota falsa em um terminal de autoatendimento (caixa eletrônico). Neste caso, deve se comunicar imediatamente com o gerente e solicitar a substituição.


O que acontece se depositar notas falsas no caixa eletrônico?

Se ocorrer de depósito de notas falsas, o valor não será contabilizado na conta que teria destino e o depositante será notificado a se explicar. Lembrando que colocar notas falsas em circulação é crime, previsto por lei.


Existe nota de cem reais pequena?

As notas de 100 da segunda geração do Real possuem tamanho menor do que as notas da primeira geração. De forma geral, hoje em dia apenas as novas notas estão em circulação. Mas, caso receba uma antiga, verifique a autenticidade.


Você também vai gostar