Transferência bancária: o que é e como funciona?

Descubra os tipos de transferência bancária e veja o melhor para você usar.

Por Igor em 20/03/2023
transferência bancária

Por muitas vezes, precisamos usar a transferência bancária, um dos principais meios de pagamento de serviços e produtos. Mas você sabe exatamente como que funciona a transferência e quais suas regras?

A transferência bancária acontece quando você faz um pagamento ao enviar dinheiro de um conta para outra, podendo ser uma transação realizada entre contas do mesmo banco ou de bancos diferentes.

Por isso, existem algumas regras e formas de se fazer. Acompanhe a matéria para saber mais sobre os tipos de transferências e como que eles funcionam.

Veja o que você vai encontrar neste artigo:

Quais os tipos de transferência bancária mais comuns?

As duas principais formas de se fazer uma transferência bancária são via DOC e via TED.

Cada uma das formas tem suas regras estabelecidas e funciona de uma forma diferente. Por isso, é importante conhecer na hora de fazer suas transferências sem problemas.

Confira como funcionam:

Transferência bancária via DOC

DOC é a sigla para “Documento de Ordem de Crédito”, um tipo de transferência bancária eletrônica entre contas de diferentes instituições financeiras no Brasil. Através do DOC, é possível enviar dinheiro de uma conta bancária para outra, de forma rápida e segura.

Para fazer uma transferência via DOC, é preciso ter os seguintes dados do destinatário: nome completo, CPF ou CNPJ, nome do banco, número da agência e número da conta. Além disso, é necessário informar o valor que será transferido.

O valor máximo que pode ser transferido por DOC é de R$ 4.999,99 por transação.

Em geral, existe uma taxa a se pagar para fazer o DOC, que pode variar de banco para banco. Algumas instituições financeiras podem, inclusive, oferecer a transferência bancária via DOC gratuitamente para o cliente.

A transferência via DOC é geralmente processada no mesmo dia, desde que a transação seja realizada dentro do horário de funcionamento do banco. Porém, o dinheiro só estará disponível na conta do destinatário no próximo dia útil após a transação.

Em resumo:

  • Transferência entre contas de dois bancos.
  • Não tem valores mínimos e o máximo é de R$ 4.999,99.
  • O valor entra em um dia útil se o DOC for realizado antes das 21:59h. Se for a partir das 22h, leva dois dias úteis para processar.

Transferência bancária via TED

TED é a sigla para “Transferência Eletrônica Disponível”, outra forma de transferência eletrônica entre contas bancárias no Brasil. Assim como o DOC, a transferência via TED é realizada entre contas de diferentes instituições financeiras.

A principal diferença entre o TED e o DOC está no tempo de processamento e na quantia máxima que pode ser transferida. Enquanto o DOC tem um limite máximo de R$ 4.999,99 por transação e pode levar até um dia útil para ser processado, o TED permite transferências mais rápidas, geralmente processadas em algumas horas, e não possui limite máximo de valor.

Em resumo:

  • É um tipo de transferência entre duas contas.
  • Não tem valores mínimos e aceita valores acima de R$ 5.000.
  • Processa em algumas horas, desde que seja feito antes das 17h.

Transferência bancária – TEF

Outro tipo de transferência bancária que você encontra e que pode realizar, e que parece muito com o TED, é o TEF – Transferência Eletrônica Financeira.

Este tipo de transferência acontece quando você envia dinheiro para outra conta da mesma instituição financeira, sendo uma operação bem mais simples de ser realizada.

Então:

  • É a transferência entre contas no mesmo banco.
  • O dinheiro cai no mesmo dia, geralmente na mesma hora.
  • Não precisa ter o CPF/CNPJ de quem vai receber.

Quanto tempo leva para cair a transferência bancária?

O tempo para cair a transferência bancária vai depender de algumas situações, sendo as principais delas o tipo de transferência e o horário em que foi realizada.

Confira como funciona:

  • TED: a transferência cai no mesmo dia, geralmente em 3 ou 4 horas, desde que seja realizada antes das 17h.
  • DOC: a transferência cai em um dia útil, desde que o DOC seja realizado até às 22h. Se for depois deste horário, leva dois dias úteis.
  • TEF: a transferência é processada no mesmo dia, geralmente caindo instantaneamente na outra conta ou poucas horas depois, desde que realizada até às 17h.

E o PIX? Como funciona essa transferência bancária?

O PIX é um sistema de pagamento instantâneo criado pelo Banco Central do Brasil em 2020. Ele permite a realização de transferências eletrônicas entre contas bancárias de diferentes instituições financeiras em tempo real, a qualquer hora do dia ou da noite, incluindo fins de semana e feriados.

Para fazer o PIX, você deve ter somente a chave PIX do destinatário, podendo ser CPF, telefone, e-mail ou uma chave aleatória, dependendo do que a pessoa cadastrar.

Atualmente, o Banco Central estima que mais de 70% das operações bancárias estão sendo feitas pelo PIX, incluindo pagamentos de contas e transferências bancárias.

Entre as vantagens, o valor cai na hora na outra conta e não há cobrança de taxas sobre esta transferência bancária.

Não existe valor mínimo para o PIX. O máximo foi estipulado apenas para o período noturno, entre 20h e 6h, onde você pode fazer transferências de até R$ 1.000,00.

Como fazer uma transferência bancária?

Fazer uma transferência bancária é bem simples. Veja o passo a passo que fizemos para você:

  • Acesse a sua conta bancária (pode ser pelo aplicativo, pelo site ou nos terminais de autoatendimento).
  • Na tela principal, escolha “Transferências”.
  • Escolha o tipo de transferência que você quer fazer: DOC, TED ou PIX. Pode ser que seu banco tenha a opção de “Transferência para conta do mesmo banco”. Caso não tenha e vá usar essa opção, pode escolher TED ou PIX.
  • Preencha com os dados da transferência: conta, valor, dados da conta que vai receber.
  • Confirme a operação.

Pronto. Você fez sua transferência bancária e terá a certeza de que o dinheiro vai chegar na conta destinada.

Como funciona o Agendamento de transferência bancária

Se você quer fazer uma transferência bancária em outro momento, ou já deixar programado para que a pessoa receber, você pode fazer o agendamento diretamente da sua conta para que o dinheiro seja enviado.

Na hora de fazer a transferência, você vai ver que o sistema perguntará: “Quando transferir” ou “Data de transferência”. Neste local, você deve fazer o agendamento para que o dinheiro seja enviado no momento certo.

Você pode agendar DOC, TED e PIX.

Perguntas frequentes

O que é preciso para fazer uma transferência bancária?

Para fazer uma transferência bancária via TED ou DOC, você precisa de todos os dados da conta que vai receber: nome, CPF ou CNPJ, número da conta, agência.


O que é melhor: DOC ou TED?

Depende da situação. Entretanto, o TED costuma ser mais vantajoso por compensar no mesmo dia e permitir maiores valores.


Quanto custa fazer o TED ou DOC?

Depende da instituição bancária. Algumas oferecem as transferências bancárias gratuitas. Outras, podem cobrar até R$ 22,00 por operação. Por isso, é importante consultar sempre seu banco.


O que fazer se o TED não caiu?

Caso o TED ou DOC não caia dentro do período aguardado, é necessário entrar em contato com o banco para saber se aconteceu algum problema com a transação.


Posso cancelar uma transferência bancária?

Não. Não tem a opção de cancelamento da transferência bancária. Então, precisa ter cuidado na hora de preencher os dados e conferir se está tudo certo.


Qual o valor máximo para fazer uma transferência bancária?

Via DOC, você pode transferir até R$ 4.999,99 por operação. O TED não tem limites.


Qual o valor máximo de um PIX?

Durante o dia, não existe limite máximo para transferência bancária via PIX. Durante a noite, o valor é de R$ 1.000,00.


Você também vai gostar