“Quanto eu vou pagar?” Saiba quais são as menores e maiores taxas de juros de empréstimos

Por Geniuzz em 29/12/2021

Primeiramente quando você solicita um empréstimo, algumas perguntas são muito importantes.

A princípio uma das principais é: quanto eu vou pagar no fim das contas?

Assim as respostas são muito abrangentes, já que há grande variação nas taxas cobradas pelas instituições de crédito. 

Para te ajudar a visualizar melhor quais são os melhores parceiros na hora de obter um empréstimo, preparamos uma lista com as dez empresas que têm as melhores taxas e as dez que têm as piores taxas.

Atenção: os dados são referentes à modalidade de empréstimo pessoal sobretudo não consignado, mas que pode envolver operações sem garantia e também com garantia. 

Por isso, é importante consultar as particularidades de cada produto antes de fechar o contrato. 

No entanto o levantamento foi realizado a partir do Relatório de Taxas de Juros do Banco Central do Brasil. O mês de referência é definitivamente o de dezembro de 2021. 

As menores taxas de juros

  1. Banco Master: 12,25% a.a.
  2. SF3 Crédito: 13,06% a.a.
  3. Andbank Brasil: 13,18% a.a.
  4. Banco Modal: 19,32% a.a.
  5. Socinal Financeira: 19,56% a.a.
  6. Plantae Agrocrédito: 21,85% a.a.
  7. Banco BS2: 22,08% a.a.
  8. Banco Guanabara: 22,72% a.a.
  9. Safra Financeira: 24,90% a.a.
  10. Banco Safra: 27,19% a.a.

As maiores taxas de juros

  1. JBCred: 948,19% a.a.
  2. Crefisa: 791,69% a.a.
  3. Banco Topázio: 680,19% a.a.
  4. Credipar: 374,83% a.a.
  5. Banco Daycoval: 326,69% a.a.
  6. AgoraCred: 325,34% a.a.
  7. Realize Soluções Financeiras: 316,25% a.a.
  8. Agibank: 270,72% a.a.
  9. Banco Semear: 266,98% a.a.
  10. Via Certa Banking: 266,92% a.a.

E aí, o que achou da lista?

Enfim, lembre-se que esses são os percentuais médios cobrados pelas instituições. Afinal, as taxas serão negociadas, mas a partir da sua análise de crédito. 

Fique sempre atento para não fazer um mau negócio.  SAIBA MAIS

©2024 | Todos os direitos reservados a Geniuzz