6 Dicas para Melhorar sua Organização Financeira + Material Gratuito

Aprenda a ter uma organização financeira fácil e eficaz.

Por Geniuzz em 26/11/2022

A organização financeira pode ser uma grande aliada na hora de controlar os gastos pessoais, com o objetivo ter  realizações e metas que envolvam qualquer planejamento de renda.

Assim, quando se esta com o orçamento apertado ou até mesmo quando você sente que que poderia estar administrando melhor o seu próprio dinheiro, é hora de sentar e colocar na ponta do lápis todas as despesas, quanto dinheiro esta saindo e quanto esta entrando.

O que é organização financeira?

A organização financeira é ter um controle mensal e contínuo do dinheiro que entra e que sai de suas contas bancárias. A partir deste controle, é possível enxergar o quanto falta para conquistar seus objetivos financeiros e as mudanças que precisam ocorrer para que suas metas sejam realizadas.

Além disso, uma boa organização financeira pessoal ajuda a te protejer de futuros contratempos que podem comprometer sua renda.

6 dicas para melhorar sua organização financeira

Separamos 6 dicas incríveis para te ajudar a descobrir o que você poder fazer para ter um fôlego financeiro em suas despesas, além de ter um melhor controle de gastos pessoais:

1. Faça uma planilha do seu orçamento

Fique atento a  todos os gastos mensais, analise e registre todos os dados. Para ter mais visibilidade, nos criamos uma planilha gratuita  que vai te ajudar a ter um melhor controle financeiro pessoal e para facilitar o processo. Você pode baixar ela clicando no botão ao final deste post. Ou se preferir, pode baixar algum aplicativo de finanças pessoais.

Contabilize todos os seus rendimentos, gastos fixos e outros compromissos a serem pagos em cada mês. Com essas informações, vai ficar mais fácil administrar suas finanças, já que dessa maneira você consegue saber exatamente para onde o dinheiro está indo e de que maneira é possível poupar.

Divida seu dinheiro e 3 partes:

1. As contas a serem pagas;
2. O Valor que deseja poupar para atingir um objetivo;
3. E por ultimo, Tenha uma reserva financeira, ou seja, um dinheiro destinado apenas para emergências (Emergência não é ter que fazer alguma comprinha no shopping, ou sair com amigos em?).

A partir do momento que  você definiu esses limites e conseguir mantê-los, você terá aprendido mais sobre educação financeira e certamente vai conseguir atingir seus objetivos pessoais em médio e longo prazo. É só ter foco e transformar suas novas atitudes em hábitos!

2. Faça um dinheiro extra

Uma estratégia maravilhosa é tentar aumentar sua renda, especialmente se você tiver algum tempo disponível no seu dia. Ou seja, consegui ganhar mais sem aumentar o padrão de consumo vai fortalecer as suas finanças e ajudar a alcançar seus objetivos mais rápido.

Existem inúmeras possibilidades de fazer renda extra. Por exemplo, é muito frequente a demanda por freelancers.

Assim, se você é especialista em alguma coisa, não hesite em compartilhar seus conhecimentos e habilidades para elevar sua renda. Algumas ideias são:

– Dê aulas particulares sobre suas especialidades, matemática, inglês, costura, etc;
– Edite vídeos e imagens para conteúdos virtuais;
– Se é bom com escrita, escreva para blogs corporativos;
– Invista em algum negócio caseiro;
– Preste consultoria autônoma em sua área;
– Trabalhe como motorista de aplicativo.

Além disso, você também pode vender móveis, eletrônicos, utensílios e roupas que não usa mais em plataformas específicas. Essa é uma maneira de unir o útil ao agradável, se livrando do que esta sobrando e ocupando espaço na sua casa.

A organização financeira nos ajuda a entender quais mudanças que precisamos fazer em nosso orçamento pessoal.

3. Quite as dívidas

Manter suas dívidas pagas é muito importante para o controle e organização financeira. Portanto, não se esqueça de checar como elas estão para estabilizar as finanças e dar saltos maiores no futuro.

Portanto, antes de cumprir as metas, priorize quitar as dívidas. Para isso, veja a sua planilha de orçamento para saber o quanto deve separar mensalmente para sair dos endividamentos. Quando quitá-los, você terá tempo e dinheiro disponível para se planejar para os objetivos maiores.

Negocie suas dívidas, vá atras de boas alternativas de pagamentos. O segredo é tentar se livras de instituições que tenham altas taxas, juros abusivos e cheque especial. Uma boa opção pode ser um empréstimo pessoal para concentrar todas as dívidas em um só pagamento.

4. Corte desperdícios

Os consumos básicos, como luz, água, gás e internet, precisam ser mantidos para garantir sua sobrevivência. Estes são considerados itens essenciais. Porém, aqueles gastos supérfluos precisam ser revisados para se ter uma melhor organização financeira. Mas, no que eu posso economizar? Veja abaixo:

  • Alimentação:Compre frutas e verduras em menor quantidade, para que elas sejam consumidas e não estraguem na geladeira, evitando desperdícios. Escolha produtos de marcas populares com preços mais em conta. e  sempre antes de ir ao mercado, pesquise os preços.
  • Lazer: Dê preferência aos passeios gratuitos, como parques, museus e peças de teatro que ofereçam entrada gratuita.
  • Planos de serviços: Renegocie pacotes de telefone, tv, e reveja os streaming. Ligue para as operadoras e peça por um desconto ou pesquise quanto o mesmo serviço está custando na concorrência.

Quando colocamos essas despesas na ponta do lápis, você percebe que grande parte do seu orçamento pode ser aliviada com o corte de gastos supérfluos que não afetam em nada a sua vida. Pratique o desapego, mesmo que seja temporário.

5. Use o crédito com moderação

Cartão de crédito não é extensão do seu salário. E apesar dele ter os seus pontos positivos, se você sair parcelando tudo que ver pela frente pode fazer com que você perca o controle e ele vire um vilão. Antes de solicitar um cartão, veja como são os juros, as taxas administrativas e as tarifas, e também se o cartão oferece benefícios (programa de pontos, fidelidade, milhas, descontos etc.).

Verifique a anuidade e se as vantagens realmente valem a pena. Não tenha muitos cartões, no máximo dois ou três. Cancele os que estão sobrando para não correr o risco utiliza-los por impulso. Evite surpresas desagradáveis.

6. Comece a poupar para a reserva de emergência

Uma vida financeiramente saudável requer uma reserva de emergencia. Afinal, a vida é cheia de imprevistos, os bons e os ruins. E como enfrentar isso sem estar preparado?

Sendo assim, invista em uma reserva emergencial. É ideal que ela tenha o suficiente para cobrir todas as suas despesas por 6 meses. Comece aos poucos para não comprometer seu orçamento. Separe um valor viável para poupar e tenha foco até atingir a reserva. O segredo da organização financeira é ter o pé no chão e flexibilidade para lidar com os imprevistos que afetam a nossa economia pessoal, mas não desista, se manter em dia com as suas metas é a melhor forma de alcançar seus objetivos pessoais.

Planilha financeira

Pensando em facilitar e contribuir para a sua vida financeira, separamos aqui uma planilha simplificada para te ajudar nessa jornada de organização financeira pessoal. Para baixar é só clicar no botão : Eu quero minha planilha aqui abaixo que você conseguira fazer o download gratuito da sua planilha.

EU QUERO MINHA PLANILHA FINANCEIRA

©2024 | Todos os direitos reservados a Geniuzz