Usando o Teste Vocacional a seu favor: Parte 2

Um teste que pode redirecionar a jornada da sua vida

Por Geniuzz em 24/05/2022
teste vocacional

Como usar o Teste Vocacional a seu favor

A princípio há várias opções, pagas ou gratuitas, na internet. Desta forma, como cada ferramenta se baseia em características específicas, vale a pena experimentar mais de um método e verificar se algum curso ou profissão se repete em diferentes modelos, até mesmo para você que quer ganhar uma grana extra.

No entanto, caso você esteja em busca do melhor teste vocacional, pode começar com os seguintes modelos:

  • Qual o seu dom: teste vocacional colaborativo que demanda respostas fornecidas pelo usuário e por seus amigos. Ele tira proveito do conhecimento que a sua rede de contatos tem sobre você para citar profissões com a sua cara;
  • A Real Me: com base em detalhes que se aproximam ou se afastam do perfil do usuário, esse teste consegue apontar as carreiras mais interessantes;
  • Que Curso: teste vocacional gratuito desenvolvido a partir de entrevistas com profissionais de várias áreas para fornecer opções de carreiras;
  • Teste Área de atuação: teste vocacional da Anhanguera que te mostra qual é a sua área ideal dentro.

MIAS CONTEÚDOS COMO ESSE

Fiz o teste e agora?

Um teste vocacional que sobretudo ajuda bastante na hora de descobrir o que você realmente quer fazer da vida no quesito profissional. Mas dá para aproveitar melhor esses testes, porque eles dizem muito sobre sua personalidade.

Entretanto, eles são uma fonte rica de autoconhecimento, fazendo com que você se conheça melhor e otimize todas as áreas da sua vida: nos estudos, nos relacionamentos, na família etc. Veja só como é possível interpretar os resultados:

  • perfil realista: quem tem esse resultado majoritário no teste vocacional é uma pessoa com maior raciocínio lógico, por isso, toma decisões baseadas na razão e é menos levada pela emoção;
  • perfil investigativo: são pessoas curiosas e que gostam de descobrir coisas novas, com pensamento objetivo e capacidade de enxergar o mundo de um jeito mais abstrato;
  • perfil artístico: aqui estão concentrados os indivíduos mais criativos, com facilidade de comunicação e que lidam bem com questões mais subjetivas;
  • perfil social: quem se encaixa nesse perfil gosta de estar perto de outras pessoas e de ajudar. Tem um senso aguçado de responsabilidade social e cuidado com o próximo e certas causas;
  • perfil empreendedor: quando o resultado é esse perfil, a pessoa se dá bem com desafios e gosta de inovar. É um sujeito proativo e que não tem medo de correr riscos;
  • perfil convencional: são pessoas com maior controle, organização e tendência para seguir rotinas. Demonstram alto senso de profissionalismo, relacionamento interpessoal e responsabilidade.

De que maneira devemos interpretar o resultado?

Muitos testes vocacionais finalizam os questionários com a indicação de um cargo específico ou de um conjunto de profissões. Dessa forma, é possível saber se o curso que você procura entra na lista de carreiras mais adequadas para o seu perfil.

Bastam alguns minutos dedicados ao preenchimento das questões para ver se há afinidade suficiente com determinada atividade. Se, mesmo após o processo, não aparecer nenhuma função de seu interesse, a dica é focar em profissões semelhantes.

Além disso, procure sempre avaliar os resultados com bastante calma. Esse exercício permitirá refletir sobre as possibilidades e identificar as alternativas que mais se aproximam daquilo que você espera para o seu futuro profissional.

E aí, o que achou da possibilidade de usar o teste vocacional  para planejar seu futuro com um bom direcionamento? Lembre-se de que essa ferramenta deve atuar como complemento de outras etapas avaliativas para garantir satisfação e excelentes resultados na escolha da sua graduação.

Quer mais conteúdos como esse? clique aqui em baixo

MIAS CONTEÚDOS COMO ESSE

©2024 | Todos os direitos reservados a Geniuzz